Ligue-nos: +55 71 99279 3008

Turismo Responsável, limpo e seguro

Lançada em junho pelo Ministério do Turismo, a iniciativa busca auxiliar na retomada das atividades do setor de maneira segura, estimulando os empreendimentos turísticos a seguirem uma série de protocolos sanitários.

Os protocolos para as 15 atividades turísticas que fazem parte do Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), foram elaborados levando em consideração diretrizes internacionais e contaram com a validação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Os segmentos com maior número de solicitações do selo foram agências de turismo (6.285), meios de hospedagem (4.738) e guias de turismo (2.720). Já os estados que registraram a maior adesão à iniciativa foram São Paulo (3.961), Rio de Janeiro (2.848) e Minas Gerais (1.784).

“A grande adesão do setor ao Selo mostra que estamos no caminho certo para o início da retomada do turismo brasileiro, tão afetado por esta pandemia. Estamos entre os dez primeiros países em todo o mundo que tiveram essa preocupação em apresentar esse selo que atenderá aos anseios do setor e dos turistas, que estarão mais atentos aos protocolos de biossegurança”, comentou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

OS ESTABELECIMENTOS DEVEM:

  • Assegurar a lavagem e desinfecção das superfícies onde colaboradores e consumidores circulam;
  • Promover a medição da temperatura de todos os frequentadores na entrada do estabelecimento;
  • Realizar a limpeza, várias vezes ao dia, das superfícies e objetos de utilização comum (incluindo balcões, interruptores de luz e de elevadores, maçanetas, puxadores de armários, entre outros);
  • Promover a renovação de ar, regularmente, das salas e espaços fechados, abrindo as janelas e portas para passagem da correnteza aérea;
  • Disponibilizar álcool a 70% nas formas disponíveis (líquida, gel, spray, espuma ou lenços umedecidos) em locais estratégicos como: entrada do estabelecimento, acesso aos elevadores, balcões de atendimento, para uso de clientes e trabalhadores;
  • Utilizar lixeiras que não precisem ser abertas manualmente e esvaziá-las várias vezes ao dia;
  • Disponibilizar, nos banheiros, sabonete líquido e toalhas de papel descartáveis;
  • Disponibilizar cartazes com informações/orientações sobre a necessidade de higienização de mãos, uso do álcool 70% nas formas disponíveis (líquida, gel, spray, espuma ou lenços umedecidos), uso de máscaras, distanciamento entre as pessoas, limpeza de superfícies, ventilação e limpeza dos ambientes; e
  • Providenciar o controle de acesso, a marcação de lugares reservados aos clientes, o controle da área externa do estabelecimento e a organização das filas para que seja respeitada a distância mínima de 1,5 metros entre as pessoas.

Fonte: Ministério do Turismo

Deixe um comentário

Note: Comments on the web site reflect the views of their authors, and not necessarily the views of the bookyourtravel internet portal. You are requested to refrain from insults, swearing and vulgar expression. We reserve the right to delete any comment without notice or explanations.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são assinados com *