Nosso Whatapp +55 71 99279 3008

Mercado de San Pedro

Quando for em Cusco não deixe de conhecer o Mercado de San Pedro. Quer saber o motivo? Continue a leitura.

`O mercado fica Localizado a umas duas quadras da Plaza de Armas (principal praça de Cusco), o Mercado é um misto de cores, sabores, cheiros, cultura, história e vida cotidiana onde você encontra um pouco de tudo.

Entrada do Mercado
Caminho à pé a partir da Plaza de Armas

Com pouco mais de 1000 lojas, você encontrará uma variedade de frutas, milhos, batatas, queijos, roupas, souvenirs, produtos feitos de coca e produtos utilizados em rituais xamãs.

Artigo para ritual xamãnico.

Como todo mercado que se preze também podemos tomar um bom café da manhã local e almoçar pratos típicos do Perú da forma como a população local serve e consome.

Alguma das iguarias vendidas na feira, como o ceviche peruano.

São servidos sucos das mais variadas frutas tropicais e Ceviche em barracas ou pequenos e rústicos restaurantes no meio do mercado.

Muitos dos produtos vendidos no mercado são utilizados na gastronomia tradicional peruana na cidade de Cusco.

É possível encontrar várias lembrancinhas para casa. Porém, apesar da presença dos turistas, podemos dizer que este ainda é um lugar onde você poderá se inserir um pouco na vida do cidadão cusquenho, onde podemos sentir um pouco da cultura viva cusquenha longe do mainstream turístico.

Lembrancinhas

HISTÓRIA DA CONSTRUÇÃO DO MERCADO DE SAN PEDRO

Além da oportunidade desse contato com a vida das pessoais locais, visitando o Mercado de San Pedro, você estará tendo contato também com uma das obras do arquiteto Gustav Eiffel.

Nome familiar, não? Sim, o mesmo que projetou a famosa torre Eiffel. Interessante não?

Inicialmente as feiras antigas em Cusco aconteciam de forma aberta e livre principalmente na Plaza de Armas e nas ruas do bairro San Blás. Porém, a realização dessas feiras gerava muito lixo e não agradava em nada os moradores locais.

Assim, o prefeito da cidade decidiu construir um mercado popular onde os feirantes poderiam vender seus produtos de forma mais organizada.

A inauguração do mercado ocorreu em 1922 substituindo o espaço onde anteriormente serviu de jardim para o Monastério de Santa Clara (construído em 1549 para abrigar as irmãs órfãs descendentes de famílias incas).

Inicialmente foi chamado de Mercado Frisancho, levando o sobrenome do prefeito da época.

Posteriormente passou a ser chamado de Mercado de San Pedro, muito provavelmente por estar próximo à Igreja de San Pedro.

Gustav Eiffel idealizou o mercado com a estrutura que se mantem atualmente: colunas de ferro e cimento, pintados inicialmente com uma cor de amarelo ocre e com desenhos decorativos.

Vista do interior do Mercado de San Pedro, Cusco, Peru.

Conclusão

Vale a pena visitar o mercado para comer, sentir a vida peruana e comprar uns suvenirs.

Bom pessoal, espero que tenha gostado de conhecer um pouco mais sobre esse mercado cheio de cultura, gastronomia e história.

Gostou dessas informações?

Compartilhe com outros viajantes e participe do nosso grupo do Telegram e acompanhe-nos no Instagram e Facebook nossas redes sociais para conhecer mais sobre o Turismo Gastronômico Cultural.

Fontes usadas:

https://rpp.pe/blog/peruviando/fotos-el-color-y-variedad-del-mercado-central-de-san-pedro-de-cusco-noticia-1024327

https://web.archive.org/web/20190808011116/http://www.ideariosur.com/el-mercado-de-san-pedro-y-gustav-eiffel/

Deixe um comentário

Note: Comments on the web site reflect the views of their authors, and not necessarily the views of the bookyourtravel internet portal. You are requested to refrain from insults, swearing and vulgar expression. We reserve the right to delete any comment without notice or explanations.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são assinados com *